Fork me on GitHub

Keep Learning Conhecimento nunca é o bastante

Postado em
21 August 2010 @ 13:41

Tag(s)
Opinião

O que você está construindo?

O ser humano é um construtor. Nós, desenvolvedores de software, independente de formação ou posição, temos fome de construir. O que queremos é construir coisas a partir de nossas ideias, botar à prova nosso conhecimento e, dessa forma, adquirir maturidade, experiência e mais conhecimento.

Vejo dois comportamentos profissionais comuns que podem prejudicar muito isso:

  • Quero ser promovido: aquela pessoa que acredita que deve se dedicar 100% à agradar aos seus superiores. Dessa forma ela conseguirá “evoluir” profissionalmente até chegar à tão sonhada liberdade profissional/financeira.
  • Eu não ligo: para esta pessoa, “é apenas um trabalho”. Ela não vai se aprimorar, simplesmente porque não vê necessidade. Em geral, não constrói nada, pois não acredita estar fazendo algo em benefício próprio.

No primeiro caso, a dita “liberdade” nunca será alcançada pois, na verdade, ela não existe. Pouquíssimas pessoas (se existir alguma) possuem a “verdadeira” liberdade: estar completamente livre de qualquer restrição de tempo, espaço e recursos. Isto é: dinheiro infinito e possibilidade de tempo e localização para estar onde quiser no momento que quiser, independente de qualquer fator externo. Isto é utópico.

A liberdade está em cada um – basta se sentir livre para ser livre – e é bem possível atingir isso nessa sociedade louca movida à sacrifícios em nome da tal “vida profissional”: basta não participar da loucura. 🙂

No segundo comportamento, vai ficar sempre um vazio pois, independente de ser por trabalho ou por diversão, temos essa necessidade intrínseca de construir: daí o fato de pessoa nenhuma, mesmo com riqueza “infinita”, conseguir ficar absolutamente sem fazer nada por muito tempo. A maioria de nós precisa trabalhar pra se sustentar, então temos de encontrar meios para conciliar isso com a satisfação por criar.

No final das contas, é sim “apenas” um trabalho: o seu trabalho, a sua criação (seja em troca de dinheiro ou não). Evite errar pelo excesso ou pela falta. Deve ser algo a se construir e se orgulhar, não um empecilho para seu bem estar. Se esse for o caso, hora de se movimentar para mudar: o que você está construindo?


1 Comentário

Comentário por
Yuri Malheiros
21 August 2010 @ 18:07

“basta não participar da loucura” … queria que mais pessoas pensassem assim, que é uma loucura e não algo normal.

Muito bom o post 🙂


Deixe um comentário