Fork me on GitHub

Keep Learning Conhecimento nunca é o bastante

Postado em
4 September 2007 @ 11:43

Tag(s)
Rails, Ruby, Software

IDEs e editores para Ruby on Rails

Uma das primeiras “preocupações” de um desenolvedor é a IDE ou editor a ser utilizado no trabalho com uma linguagem/framework.

Em praticamente dois meses de Rails, testei diversos editores e algumas IDEs e, finalmente, fiz a minha escolha: NetBeans 6.0. Ainda em desenvolvimento, é a IDE com a melhor integração à Rails que utilizei (testei, também, Eclipse, RadRails, jEdit e Komodo IDE).

Essa IDE incorpora ao desenvolvimento Rails muitas coisas que desenvolvedores Java e .NET costumam utilizar: debug completo (breakpoints, watches), code completion, syntax highlighting, inline documentation, integração com SVN, boa extensibilidade com plugins, code folding etc.

Além disso, possui integração muito boa com tasks do Rake e gerenciamento de RubyGems, entre outras coisas interessantes, como os famosos “bundles” do TextMate.

Para uma boa visão geral dos recursos disponíveis no NetBeans 6.0, incluindo screenshots, visite http://www.lifeonrails.org/2007/8/30/netbeans-the-best-ruby-on-rails-ide

Conheci o NetBeans quando estava na versão 4.0, mas preferia o Eclipse para desenvolver em Java. Porém, a versão 6 do NetBeans está muito (muito, mesmo) melhor do que as anteriores.

No entanto, há pessoas que preferem utilizar um editor de texto com alguns recursos a mais, argumentando que “economiza memória” (o que é algo estranho: seu computador tem 1, 2 ou 3 gigabytes de memória e você não quer utilizar uma IDE porque ela ocupa 100 megabytes… alguns chamam isso de desperdício). O editor mais conhecido no mundo Rails é o TextMate, disponível apenas para os felizes proprietários de um Mac.

Para os pobres mortais, há algumas boas opções. Para Windows: E-TextEditor (um “clone” do TextMate para Windows) e Intype. Para Linux, gosto muito do Scribes. Uma boa opção para ambas as plataformas é o SciTE, que eu utilizo para edições rápidas e testes, quando não preciso de uma IDE completa rodando. Há ainda várias outras opções como NotePad++, UltraEdit, Vim, Emacs

Fica claro que isso é uma questão de gosto e adaptação. Minha recomendação para quem está buscando uma IDE para Rails é olhar atentamente para o novo NetBeans e avaliar seu uso por um tempo. Estão fazendo um ótimo trabalho visando usabilidade em primeiro lugar e, como sabemos, isso costuma dar bons resultados.


3 Comentários

Comentário por
Bruno Azisaka Maciel
17 September 2007 @ 1:11

Muito legal o Scribes. Valeu ai pela dica!


Comentário por
Clovis
17 September 2007 @ 9:54

Ja testei algumas das IDEs mencionadas, mas por enquanto nenhuma me conquistou…
Hoje estou utilizando o E-TextEditor por falta de opção, mas depois de ler este post, acho que vou testar o NetBeans novamente.

Eu acho que uma excelente IDE seria uma versão do DreamWeaver para rails..
ia ser mto bom.


Comentário por
Ruby Brasil » Blog Archive » Ruby e NetBeans
24 September 2007 @ 19:48

[…] está em dúvida, leia este artigo (em português) e este (em inglês), que com certeza vão te ajudar a optar (ou não) pelo […]


Deixe um comentário